Binarismo forçado

flatworm-freak

Vemos gente bem intencionada falando em união, nas ruas, contra o banditismo, mas isso me parece inviável. O lulopetismo é baseado em guerra, precisando de um sistema nós-eles para se diferenciar e se fortalecer. O que eles vêem como “outro lado” é uma massa heterogênea que contém, sobretudo, liberais, sejam de esquerda, direita ou mesmo os pouco afeitos a rótulos.

Não haveria dois lados se um grupo não forçasse a criação do outro para com ele poder criar um estado de guerra, como bem postulou Augusto de Franco. O lulopetismo é uma excrescência, uniforme e uniformizante, a forçar um binarismo que só existe na visão auto-referenciada desse grupo.

Deixe uma resposta

Please use your real name instead of you company name or keyword spam.